Registro de atualização da política do Twitter Ads

As políticas do Twitter Ads evoluem para refletir o que acontece no mundo e na plataforma do Twitter. Este Registro de Atualização da Política de Anúncios compila essas alterações em andamento nas nossas políticas.

Normalmente, esse registro refletirá as alterações de políticas que afetam o que pode e o que não pode ser anunciado no Twitter Ads. Por exemplo, estão incluídas atualizações da política que proíbem determinado modelo de negócios ou a adição de políticas específicas do país. Alterações estruturais, como edições gramaticais ou de formatação, podem não estar incluídas. 

Este registro não substitui nossas políticas, e os anunciantes devem sempre analisar as páginas da política em questão quanto a quaisquer restrições ou informações adicionais sobre nossas políticas. Além disso, as traduções são fornecidas para sua conveniência e não têm por objetivo alterar o conteúdo de nossas políticas. A versão em inglês prevalece e deve ser usada como referência caso haja conflito entre a tradução e a versão em inglês.

Para obter informações completas sobre as Políticas de Anúncios do Twitter, visite Twitter.com/adspolicy.

 

2020

Janeiro

Produtos e serviços financeiros: Anunciantes autorizados pela Otoritas Jasa Keuangan (OJK) podem anunciar empréstimo P2P na Indonésia.

Apostas: Os anunciantes autorizados pela Autoridade Queniana de Apostas podem anunciar no Quênia, com restrições.

Apostas: Os anunciantes autorizados pela Autoridade Nigeriana de Apostas podem anunciar no Nigéria, com restrições.

Março

Em resposta à pandemia sem precedentes de COVID-19, as Políticas do Twitter Ads estão evoluindo para atender às mudanças nas circunstâncias globais. 

Diretrizes para conteúdo “Safe for Ads” (“Seguro para Publicidade”): Definido que a pandemia de COVID-19 é um evento sensível. Dessa forma, conteúdo que debate ou se concentra em COVID-19 não é elegível para monetização pelo Programa Amplify Publisher.

Conteúdo inapropriado: Atualizada a política existente de Conteúdo Inapropriado, em relação especificamente à COVID-19: 

- Proibimos globalmente a publicidade de máscaras faciais e álcool em gel. 

- Permitimos anúncios de serviços públicos (PSAs) relacionados à COVID-19 e emitidos por governos e entidades supranacionais.

- Agências de notícias que atualmente têm isenção de conteúdo político podem anunciar conteúdo sobre a COVID-19.

- Algumas organizações analisadas que têm parceria com a equipe de Políticas do Twitter podem anunciar conteúdo sobre a COVID-19. 

Conteúdo inapropriado: É proibido divulgar conteúdo sintético ou manipulado e apropriação de hashtags de eventos sensíveis.

Mídias estatais: É proibido fazer anúncio de conteúdo de entidades de notícias controladas por autoridades estatais. 

Abril

Apostas: A publicidade de qualquer conteúdo que envolva jogos de azar é proibida na Espanha. 

Conteúdo inapropriado: Atualizada a política existente sobre conteúdo da COVID-19:

    - Anunciantes gerenciados podem mencionar a COVID-19, desde que a mensagem seja concentrada na resposta da empresa ou

      em apoio às comunidades. 

    - Os anunciantes também devem cumprir outras restrições constantes na política de Conteúdo Inapropriado. 

Mídias estatais: Atualizada a política para proibir a denúncia de anunciantes em nome de ou diretamente afiliados a entidades de notícias controladas por autoridades estatais.

Junho

Conteúdo de apostas: o anúncio de apostas de azar é permitido na Espanha, com restrições.

Produtos e serviços financeiros: as entidades financeiras que quiserem segmentar na Turquia devem buscar prévia aprovação do Twitter antes da publicidade.

Julho

Habitação, empréstimos e oportunidades de emprego: anunciantes de habitação, empréstimos e oportunidades de emprego devem buscar prévia aprovação do Twitter antes de segmentar nos EUA e Canadá.

Combate à Segmentação Discriminatória: Os anunciantes não devem praticar discriminação contra usuários na segmentação dos anúncios.

Política de Qualidade: esclarecidas as Diretrizes Editoriais para a URL na bio do usuário. 

Agosto

Conteúdo inapropriado: Flexibilização global da promoção de máscaras faciais não médicas. A publicidade de máscaras faciais médicas continua proibida. 

Setembro

Diretrizes para Assuntos Promovidos: Atualizadas as diretrizes de conteúdo que proíbem a compra de hashtags de eventos políticos de interesse geral.

Conteúdo inapropriado: Atualizada a política que proíbe conteúdo engajado em atividade prejudicial coordenada

2019

Em novembro de 2019, toda a publicidade política foi banida do Twitter. Todas as alterações registradas em Conteúdo Político que figuram antes do banimento de novembro de 2019 refletem alterações feitas na política anterior. 

Fevereiro

Qualificação para Contas: O árabe foi incluído entre os idiomas compatíveis para anúncios de autoatendimento. 

Produtos e serviços financeiros: A publicidade de produtos e serviços financeiros é permitida, com restrições, na Grécia. 

Conteúdo político: O anúncio de conteúdo político é proibido na França e permitido com restrições na União Europeia, na Austrália e na Índia.

Março

Drogas e acessórios para drogas: A publicidade sobre Cannabis é permitida, com restrições, no Canadá. Os anunciantes devem ser licenciados pela Health Canada.

Junho

Apostas: Os anunciantes autorizados pela Autoridade Colombiana de Apostas têm permissão de anunciar na Colômbia.

Conteúdo político: A publicidade de conteúdo político é proibida no Canadá.

Julho

Diretrizes para conteúdo “Safe for Ads” (“Seguro para Publicidade”): Atualizadas as diretrizes de spam e monetização de vídeos para o Programa Amplify Publisher. 

Conteúdo político: A publicidade da campanha política é limitada somente a partidos políticos. Outros anunciantes estão proibidos de veicular propagandas políticas.

Política de Qualidade: Atualizadas as diretrizes editoriais da URL da bio do usuário

Agosto

Mídias estatais: A publicidade de entidades de mídia controladas pelo Estado é proibida mundialmente. 

Setembro

Produtos e serviços financeiros: O anúncio de contratos por diferenças (Contracts for Difference, CFD) é permitido com restrições nos países em que permitimos produtos e serviços financeiros.

Apostas: No Japão, está permitida a promoção de terceiros sobre apostas controladas pelo governo por anunciantes qualificados.

Conteúdo político: A publicidade de conteúdo político é proibida em Cingapura.

Conteúdo político: O conteúdo de propagandas políticas é permitido com restrições no Canadá.

Outubro

Conteúdo político: A publicidade de conteúdo político é proibida no Canadá. 

Mídias estatais: Entidades de mídia controladas (financeira ou editorialmente) por autoridades estaduais estão proibidas de anunciar.

Novembro

Anúncios com base em causa: Anúncios que educam, conscientizam e/ou solicitam que as pessoas tomem ações em conexão com determinadas causas estão restritos e exigem certificação global. 

Drogas e acessórios para drogas: A publicidade de produtos não ingeríveis à base de CBD é permitida, com restrições, nos EUA.

Espécies ameaçadas de extinção: Atualizada a lista de exemplos de espécies ameaçadas de extinção.

Países e territórios qualificados por região: Os anunciantes de autoatendimento podem segmentar anúncios para o Kuwait, com restrições de idioma. 

Serviços e produtos de saúde e farmacêuticos: Revisada a seção “Serviços médicos e de cosméticos” para se alinhar à nova política de publicidade com base em causa.

Conteúdo político: A publicidade de conteúdo político é proibida na plataforma em todo o mundo. Publishers de notícias qualificados podem receber isenções desta política. 

Dezembro

Produtos e serviços financeiros: A publicidade de empréstimos de dinheiro e serviços P2P é proibida no mundo inteiro. 

Critérios de segmentação por palavras-chave e rastreamento de conversões e Audiências Personalizadas atualizados para os EUA estarem alinhados às restrições de Conteúdo Político. 

Pronto para começar?